Cavalos com crinas e pelagem de dar inveja

Cavalos com crinas e pelagem de dar inveja

Equinos | 1 de junho de 2016

Existe uma série de fatores que contribui para que um cavalo apresente uma pelagem vistosa, bem cuidada e resistente. Tais fatores contribuem também para que apresentem beleza e sinais de bom tratamento.

Alimentação adequada, medicação contra bactérias ou verminoses e outros agentes causadores de doença, bem como cuidados adequados com o pelo do animal favorecem um visual belo, saudável e elegante.

Crina linda de cavalo

A crina funciona como proteção contra o frio.

Porém, no caso das crinas, é importante destacar que elas existem não apenas como um adorno estético. Elas, na verdade, também exercem a função de proteção e aquecimento nos períodos mais frios do ano. Essa capacidade de proteção ocorre porque naquela região do corpo do cavalo, os pelos possuem característica de impermeabilidade, que o protegem contra a chuva, possibilitando dessa maneira que a água escorra para os lados. Isso evita também que o cavalo fique muito molhado e suscetível ao frio.

Além disso, a quantidade e o volume de pelos na crina leva em conta o fator climático, visto que nos períodos mais rigorosos do inverno, ela se encontra com um maior volume. Contudo, durante os meses que compreendem o verão, as crinas se apresentam mais ralas e discretas. Esse mesmo processo vale também para o restante da pelagem.

Oito cavalos que possuem belas crinas e pelagem

Algumas raças de cavalos se destacam por apresentarem crinas elegantes e pelagem bonita e sedosa.

Entre elas é possível destacar:

  • Árabe: O pelo da crina se apresenta geralmente fino e longo, apresentando um topete na testa que auxilia na proteção dos olhos contra o sol. A pelagem normalmente é tordilha ou castanha.
  • Halfinger: Normalmente são animais de baixa estatura. A crina, branca ou loira, traz um belo contraste na pelagem sempre castanha.
  • Iceland horse: Originário de climas frios, possuem crinas demasiadamente longas. São cavalos de baixa estatura e musculosos.
  • Norwegian fjord horse: Eles não possuem crinas compridas, inclusive elas se apresentam bem curtas, porém contam com uma franja que, além de servir como proteção, é interessante esteticamente, já que é semelhante a um topete.
  • Friesian: Também conhecido como Frísio, eles são robustos, de alta estatura e são adornados com crinas longas e esvoaçantes. Geralmente com pelagem escura, eles possuem um tufo de pelos nas extremidades das patas.
  • Shire: De origem britânica, esse cavalo também conta com crinas longas e pelagem nas extremidades das patas. São animais robustos e resistentes.
  • Clydesdale: Possuem uma linda pelagem castanha que faz contraste com as patas brancas. As crinas são longas e escuras.
  • Pônei Shetland: Possuem 70 centímetros de altura e contam com uma pelagem mais grossa, que os protegem do rigoroso inverno escocês. Por causa das condições climáticas, as crinas também são longas e volumosas.

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Por que as estradas da Real H são verdes?

    Fazenda Rromy: 50% Menos Tristeza e Controle de Carrapatos com Ectrol MD

    A Revolução da Pecuária Regenerativa: O Papel Transformador da Real H

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!