Danos da sodomia bovina

Guia de Doenças | 13 de julho de 2016

O gado de corte passa por várias etapas até chegar ao abate. Na última etapa, eles costumam ficar confinados. O confinamento representa uma importante alternativa para reduzir os custos e aumentar o capital de giro, pois permite que o gado vá para o abate com pouca idade. É nessa importante fase do processo que o criador precisa manter-se atento ao comportamento dos animais.
Muitas vezes, a mudança repentina de ambiente e hábitos pode leva-los a um alto nível de estresse e trazer consequências capazes de causar prejuízos ao bom andamento da criação do gado de corte. A situação tende a se agravar ainda mais, caso o espaço seja pequeno para um grande número de animais. A necessidade de adotar um novo modelo de organização social pode mexer com o psicológico dos machos inteiros e causar alguns transtornos.

Sodomia e suas consequências

Com o a presença da sodomia, estado no qual o gado apresenta-se totalmente submisso, pode fazer com que ele deixe de acessar o cocho de comida e outros recursos que estão à sua total disposição. Ao permanecer assim por um período, podem acabar perdendo peso e imunidade, ficando suscetíveis a infecções e bactérias, além de ferir-se com maior facilidade, podendo inclusive acabar morrendo, ocorrências que podem comprometer todo o processo da criação.

sodomia - confinamentoO clima quente e os feromônios também influenciam na incidência da Sodomia e combatê-la é um grande desafio para os criadores, por representar altas probabilidades de prejuízos financeiros. Diferentemente de um pasto, onde os animais contam com um grande espaço, no confinamento aqueles que apresentam comportamento dominante podem reprimir os outros que ficam em uma situação de “não ter para onde correr”. A combinação de um animal que gosta de dominar (normalmente os que são montados, tornam-se revoltados e desenvolvem este tipo de comportamento) e um submisso pode resultar em um processo destrutivo.

Para evitar o problema, o ideal é que os animais que já foram montados sejam confinados separados dos demais e que se mantenha um controle para que todos tenham acesso igualitário à alimentação. Há também alguns suplementos que podem ser usados para amenizar o problema, mas o ideal é mantê-los em lotes pequenos.

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Institucional Real H 2024 (Completo)

    Entrevista Nair Furrer Matos

    Produtores de Leite das Alagoas Visitam Grupo ACP Filhos e Netos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!