Deslocamento do ciclo produtivo do boi gordo não prejudica mercado interno

Confinamento | 22 de abril de 2014

Segundo o analista de mercado Elio Micheloni Jr., em entrevista ao programa Mercado e Companhia, a safra de boi atrasou em função do período de seca – seu início pode ser considerado a partir da segunda quinzena de abril. O valor da arroba mantém-se estável, por um equilíbrio entre demanda e oferta restrita. Conforme Micheloni, os frigoríficos seguem comprando a preço ligeiramente em alta e mantendo o valor final para o consumidor, o que resulta em uma menor margem de lucro. O período de quaresma e inflação também influenciam na redução do consumo, portanto o fluxo deve ser retomado na segunda quinzena de abril, o que prevê a volta da estabilidade do mercado.

Já nas demandas de exportações, o cenário total é favorável, com volume crescente, mesmo com ligeira queda mês após mês. A alta do dólar não interfere de forma expressiva, já que os principais concorrentes (EUA, Austrália e Nova Zelândia) enfrentam problemas de produção – o que potencializa as exportações brasileiras. (Fonte: RuralBR)

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Por que as estradas da Real H são verdes?

    Fazenda Rromy: 50% Menos Tristeza e Controle de Carrapatos com Ectrol MD

    A Revolução da Pecuária Regenerativa: O Papel Transformador da Real H

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!