EUA: espera-se aumento do número de animais em confinamento devido ao baixo preço do milho

Confinamento | 27 de novembro de 2013

confinamento-bovino-nos-eua-novilho-precoceSegundo o  relatório sobre animais confinados que deverá ser divulgado em breve pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), embora os bovinos de reposição estejam sendo vendidos por um preço premium, analistas estão prevendo maiores colocações em confinamento, à medida que os estabelecimentos de engorda aproveitam o baixo preço do milho.

A demanda por animais com mais de um ano de idade, destinados à engorda, está em alta, à medida que os confinamentos buscam animais leves para engordar e as ofertas continuam limitadas, o que tem ajudado a pressionar os preços para cima. Além do mais, a retenção de novilhas tem limitado o mercado, à medida que os produtores buscam reconstruir o tamanho de seus rebanhos.

Até o presente momento, os dados de 2013, sobre animais confinados não está completo, visto que a dificuldade para comparação dos dados com anos anteriores é tamanha, pois nos dois anos anteriores, as condições de seca levaram os animais aos confinamentos mais cedo e as melhores pastagens deste ano mantiveram os animais nas fazendas por mais tempo que o normal.

O diretor do Centro de Informações de Comercialização Pecuária (LMIC), Jim Robb, espera que o número de colocações de animais em confinamento seja um coringa e disse que as previsões dos analistas abrangem uma ampla gama. Em uma entrevista com a Kansas State University Extension, Robb disse que espera que o relatório mostre aumento de 3% nas colocações e que as comercializações aumentem em 1% comparado com o ano anterior. “Fizemos um grande negócio no movimento de novilhos e novilhas à medida que os preços se fortaleceram no mês de outubro”.

Ele espera que o relatório mostre que as ofertas de boi gordo continuem se estreitando, com o número total de bovinos em engorda caindo em 7%. “No geral, não deveríamos deixar que o número de colocações, caso seja acima das do ano anterior, choque-nos. Sabemos que temos uma safra de bezerros menor, mas muito disso é justamente em comparação com o ano anterior, com números muito baixos”.

Robb ainda disse que a indústria entende a atual situação e verá se o relatório está de acordo com suas expectativas.

As previsões compartilhadas por Allendale, Inc., recentemente, previram colocações levemente maiores que as de Robb, 4,2% maiores que a do ano anterior. A melhora prevista não significa muitos animais a mais confinados, já que as colocações do mês passado foram as menores para o mês de outubro desde 1996. Allendale também previu uma queda no número total de animais confinados, prevendo uma queda de 6,6% com relação ao ano anterior.

O relatório de outubro foi divulgado em 31 de outubro, atrasado pela paralisação do governo dos Estados Unidos. O relatório mostrou um número de 10,1 milhões de cabeças em 1 de outubro, 8% a menos que no ano anterior. As colocações no mês passado totalizaram mais de 2 milhões de cabeças, um aumento de 1% com relação ao ano anterior. (fonte: http://www.beefpoint.com.br)

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Fazenda Rromy: 50% Menos Tristeza e Controle de Carrapatos com Ectrol MD

    A Revolução da Pecuária Regenerativa: O Papel Transformador da Real H

    Nova Linha H Tech Real H | Conhecendo Alguns Produtos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!