Falta de ração vai fazer preço do litro de leite subir 6%

Girolando | 30 de agosto de 2012

ImagemO litro de leite e seus derivados chegarão até 6% mais caros à mesa do consumidor nos próximos meses. A alta dos preços é resultado da escassez de soja e milho, principais insumos para ração do gado leiteiro e que são importados dos Estados Unidos. O problema aumenta o custo de produção do setor pecuário leiteiro. Segundo a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio (Faerj), o consumidor sentirá o impacto em até 60 dias. Hoje, a caixa de um litro de leite sai, em média, por R$1,98 e pode subir a R$ 2,09. O iogurte, que custa R$ 1,09, passaria a R$ 1,15.

O repasse será direto para o bolso do consumidor, segundo Ricardo Bastos, da Comissão de Pecuária de Leite da Faerj. “Em até dois meses, o item vai chegar mais caro nas prateleiras, por causa do altíssimo custo de produção no setor pecuário leiteiro, além da entressafra”, explica.

Para Bastos, o jeito é se preparar para gastar mais.“O consumidor tem que fazer ajuste, como diminuir o consumo de leite e derivados”, avisa. A alta dos insumos obriga produtores a procurarem alternativas. “Produtores já estão trabalhando no vermelho há dois meses, trocando soja por farelo de algodão, que é outra fonte de proteína para os animais”, afirma.

Os produtores buscam amenizar a crise. Bastos observa: “A variação é natural, mas a alta da ração não está parando”. Como reflexo da alta da ração, a produção de leite no estado cairá de 10% a 15%. As expectativas não são otimistas: a produção de soja e milho será normalizada só em 2013.

Fonte: O Dia

Revisada e adaptada por Ass. Imprensa Real H

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Institucional Real H 2024 (Completo)

    Entrevista Nair Furrer Matos

    Produtores de Leite das Alagoas Visitam Grupo ACP Filhos e Netos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!