Oferta de animais terminados em Mato Grosso alonga escala em jan/13 acima de jan/12

Confinamento | 23 de janeiro de 2013

Oferta e demanda

A escala de abate iniciou o ano de 2012 com seis dias, chegando ao seu término, em dezembro, à marca dos 11 dias. Desde outubro de 2012 a escala de abate encontra-se acima de 10 dias e neste ano não está sendo diferente. Até o levantamento do dia 17 de janeiro, as escalas encontravam-se acima dos mesmos 10 dias, ou seja, são mais cinco dias de abate quando comparado a janeiro de 2012. Isto é uma escala confortável para a indústria e em grande parte é um reflexo da boa oferta de animais terminados, aqueles primeiros lotes provenientes de pasto e, em algumas regiões do Estado, lotes de confinamentos.

Analisando-se os preços levantados na primeira quinzena de janeiro, observa-se uma estabilidade. No fechamento do dia 17, o preço referência de comercialização da arroba em Mato Grosso foi de R$ 84,99, valor igual ao levantado no dia 7 de janeiro.

Preços da semana

A média semanal da arroba do boi gordo à vista foi cotada a R$ 84,58, variando positivamente em 0,28%, ou seja, um aumento de R$ 0,24. Já a arroba da vaca gorda à vista registrou uma média de R$ 76,72 na última semana, desvalorização de R$ 0,21 ou 0,27% em relação à média da semana anterior.

Noroeste: a média semanal de preço da arroba do boi gordo para a região noroeste foi cotada a R$ 83,84, registrando um incremento de R$ 0,20, ou 0,23%.

Norte: variando negativamente na semana, 0,28%, a média da arroba do boi gordo à vista na região foi cotada a R$ 84,24, uma desvalorização de R$ 0,24.

Nordeste: com a maior valorização de preço dentre as regiões do Estado, a nordeste obteve uma média semanal de R$ 83,23/@, aumento de R$ 0,61.

Médio-Norte: a arroba do boi gordo fechou a semana cotada a R$ 84,41, obtendo uma variação positiva de 0,22%, equivalente a mais R$ 0,19 em relação ao fechamento da última semana.

Oeste: a média da arroba do boi gordo à vista na semana foi cotada a R$ 84,77, variando positivamente em 0,25% e registrando uma queda real do preço da arroba de R$ 0,21. A arroba foi comercializada a R$ 85,75 no município de São José dos Quatro Marcos, na última sexta-feira.

Centro-Sul: a região apresentou uma valorização de 0,57% nos preços desta semana. Em Cuiabá houve negócios ao preço de R$ 86,75, na quinta-feira. Assim, a média semanal do preço da arroba do boi gordo à vista foi de R$ 85,98, ou seja, um aumento de R$ 0,33.

Sudeste: a região sudeste apresentou elevação de preços na semana. A média semanal do preço da arroba do boi gordo à vista foi de R$ 85,72, com um valor máximo de R$ 87,36 e um mínimo de R$ 84,74. Em Rondonópolis houve negócios acima da referência da região, a R$ 88,00, na quinta-feira.

Reposição

Com um mercado de reposição morno neste início de ano, tanto para a fêmea quanto para o macho, os números apresentaram uma pequena variação negativa em relação ao mês anterior. Seguindo o curso normal, a desvalorização da arroba do boi gordo esfriou o ânimo dos pecuaristas, diminuindo a movimentação do mercado de reposição de gado. Com exceção da vaca magra, que obteve uma valorização de 1,54%, as outras categorias se mantiveram em patamares próximos aos do mês de dezembro/12.

O destaque negativo ficou por parte dos machos. O bezerro 8 meses (5,5@) recuou 0,44%, passando de R$ 639,2/cabeça para R$ 636,37/cabeça e o boi magro apresentou recuo de 0,31%, passando de R$ 1055,37/cabeça para R$ 1052,07/cabeça.

 

Fonte: IMEA, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Institucional Real H 2024 (Completo)

    Entrevista Nair Furrer Matos

    Produtores de Leite das Alagoas Visitam Grupo ACP Filhos e Netos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!