Preço do milho beneficia confinamento de bovinos

Confinamento | 18 de setembro de 2014

milho1Combinação está dando sustentação para as expectativas positivas no gado de confinamento. Em um cenário de alta de preços no mercado de bovinos, a arroba à vista atingiu o recorde de R$ 128 e a ampla oferta de milho reduziu os custos de produção, já que a alimentação animal responde por cerca de 25% dos custos do animal confinado.

Com a entrada de animais no pasto, o mês de julho sazonalmente tem oferta reduzida para o confinamento, porém agosto registrou correções no mercado e as expectativas para setembro e outubro são positivas. Especulações do mercado já projetam a arroba ao teto de R$ 130.

Com o bom desempenho das exportações de carne e a valorização dos bezerros, a arroba do boi gordo deve seguir em alta no segundo semestre deste ano. A análise está no boletim “Custos e Preços”, elaborado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A expectativa é de que a oferta de animais para abate continue restrita e as vendas externas continuem crescendo nos próximos meses, provocando elevação dos preços da carne no mercado interno.  De janeiro a julho, os embarques de carne, industrializada e in natura, para o exterior somaram, em volume, 1,28 milhão de toneladas, 11% a mais do que no ano passado.

Em São Paulo, a arroba do boi em agosto teve alta de 4,2% em relação a julho, cotada a R$ 122,19. Na comparação com agosto de 2013, a elevação foi de 22%. Em Goiás, o preço da arroba, no mês passado, foi de R$ 113, 53, aumento de 2,3% frente a julho e de 24,6% em relação a agosto do ano passado.

Informações do Jornal DCI.

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Fazenda Rromy: 50% Menos Tristeza e Controle de Carrapatos com Ectrol MD

    A Revolução da Pecuária Regenerativa: O Papel Transformador da Real H

    Nova Linha H Tech Real H | Conhecendo Alguns Produtos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!