Engorda de bovinos usando milho inteiro traz resultados

Confinamento | 18 de maio de 2017

Confinamento é o sistema de criação de bovinos onde lotes de bois são separados em box ou currais com uma área restrita. A alimentação e hidratação são fornecidas em cochos, com a intenção de acelerar o ganho de peso do animal.

A constante evolução de novas tecnologias em confinamentos, possibilita hoje que dietas sem fornecimento de forragem sejam usadas, como é por exemplo a alimentação com milho inteiro. Você já ouviu falar da engorda de bovinos com grão inteiro de milho? Esse tipo de dieta surgiu na década de 70 nos Estados Unidos.

12383269_1554906874827934_1940218974_nO uso do grão de milho inteiro, sem triturar, é mais uma opção de dietas no confinamento para nutrição animal. Muitos pecuaristas já descobriram os benefícios de engordar o rebanho usando milho inteiro.

O alto valor nutritivo aliado a grande eficiência biológica, justificam a adoção de uma dieta baseada no grão inteiro. Ela garante ao animal uma dieta de baixo investimento por arroba e de alto valor nutritivo.

Ganho

Dentre as vantagens do uso de milho inteiro, o rápido ganho de peso é a mais visada, além da diminuição no tempo de terminação. Pecuaristas já percebem que há também um menor custo de mão de obra, há uma necessidade menor de armazenar os alimentos e uma maior uniformidade na engorda dos animais. Redução de custos em maquinários e instalações também são ganhos apontados por pecuaristas que adotam esse tipo de dieta para seu gado.

Esse procedimento torna o manejo alimentar bem mais prático e mantém ótimos índices produtivos. Sendo assim qualquer propriedade, pequena, média ou grande pode fazer a engorda dos seus animais dessa maneira.

COMENTÁRIOS

Mande sua dúvida!

    PECUÁRIA FORTE TV

    Fazenda Rromy: 50% Menos Tristeza e Controle de Carrapatos com Ectrol MD

    A Revolução da Pecuária Regenerativa: O Papel Transformador da Real H

    Nova Linha H Tech Real H | Conhecendo Alguns Produtos

    MAIS PROGRAMAS
    Estamos a disposição!